Ataídes Oliveira perde comando do Pros a 48h da convenção; Vilmar Lúcio assume

O Partido Republicano da Ordem Social (Pros) no Tocantins sofreu uma intervenção na segunda-feira, 1º, um dia depois de Eurípedes Júnior retomar o comando da sigla em âmbito nacional, com quem disputava judicialmente com Marcus Vinicius de Holanda. A nova decisão é do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Sob nova direção… De novo

A intervenção aconteceu na segunda-feira, 1º, mas o Sistema de Gerenciamento de Informações Partidárias (SGIP) só atualizou os dados da nova direção do partido no Tocantins nesta quarta-feira, 3. Quem assume o comando estadual do Pros é Vilmar Lucio da Costa, que seria homem de confiança de Eurípedes Júnior. Já será o terceiro nome a gerenciar a agremiação no Estado apenas em 2022. Antes dele houve o ex-senador Ataídes Oliveira (Pros) e ainda o ex-vereador Diogo Fernandes (PTB), de Palmas.

E Ataídes?

Com a mudança, a grande pergunta é como fica a pré-candidatura de Ataídes Oliveira ao Senado Federal. O Pros estava com convenção marcada para esta sexta-feira, 5, a partir das 17 horas. Curiosamente, logo após o anúncio de retorno de Eurípedes Júnior, o tocantinense enviou mensagem a imprensa para garantir que “possui uma boa relação” com o dirigente e que estavam “trabalhando para que o Pros tenha, pela primeira vez, um senador no Congresso Nacional”, conforme repercutiu o Em Off.

Coluna do CT solicitou nota a assessoria de Ataídes Oliveira e aguarda retorno. Já o novo presidente do Pros, Vilmar Lucio da Costa, afirmou que irá se pronunciar após reunir-se com a direção e filiados.

Cleber Toledo é Colunista do JusTOcantins

 

Cleber Toledo - Portal CT - 04/08/2022

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.