O seu canal diário de Notícias

Vai negociar o valor do aluguel? Veja essas 3 dicas

O valor pago mensalmente pelos inquilinos costuma sofrer reajustes pesados durante a renovação; veja como negociar.

Seja por questão financeira ou para se adequar a uma vida profissional que exige mudanças de cidade com mais frequência, pagar aluguel é a realidade de milhões de brasileiros. De acordo com a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), pouco mais de 20% da população em 2022 morava em imóvel alugado. Por isso, é necessário saber negociar o valor do aluguel, para que não seja um grande peso no orçamento do inquilino e nem deixe o proprietário com prejuízo.

Como negociar o valor do aluguel?

O valor do aluguel residencial compromete grande parte da renda dos inquilinos, independente da classe social. Nas classes sociais mais baixas, esse peso pode afetar a ponto de o inquilino não conseguir lidar com os pagamentos e ter de deixar o imóvel, indo morar em locais sem o mínimo de infraestrutura.

Anuncios

Para evitar dificuldade ao escolher um imóvel para locação, é importante saber negociar o valor do aluguel. Não é tarefa fácil, mas, com algumas dicas, é possível chegar a um valor que fique bom para o inquilino e para o proprietário.

Um ponto importante é evitar os chamados “contratos de gaveta”, ou seja, sem nenhum documento assinado formalmente. A falta de comprovação de vínculo entre inquilino e locador pode trazer problemas, como não conseguir provar o valor atual do aluguel, possíveis danos no imóvel e demais situações.

Três dicas para ficar de olho ao negociar o aluguel

As três dicas abaixo ajudam ao negociar o valor do aluguel de um imóvel de um jeito mais fácil, lembrando que é importante levar em conta qual o indexador escolhido para embasar o aumento do aluguel (IGPM, IPCA, etc.).

Pesquise pelos imóveis da região: antes de iniciar a negociação, pesquise os valores de aluguel de imóveis parecido na região para ter uma ideia do valor justo do aluguel. É importante também estar preparado para apresentar as razões para o pedido de não-reajuste ou redução do aluguel.

Anuncios

Citar itens como a condição do imóvel, a localização ou a concorrência também ajudam na negociação. Mesmo assim, pode ser necessário fazer concessões, pois se o locador não estiver disposto a reduzir o valor do aluguel, dá para argumentar outros aspectos do contrato, como o tempo de contrato ou as responsabilidades por reparos.

Seja profissional: mesmo que não esteja satisfeito com o valor do aluguel, é importante ter uma postura profissional para manter uma boa relação com o locador do imóvel. Além da educação e profissionalismo durante a negociação, ter paciência também é importante, já que as conversas podem levar algum tempo.

Converse com o proprietário pessoalmente: uma conversa frente a frente é sempre a melhor maneira de negociar, construindo um relacionamento mais respeitoso e de confiança.

Deixe o Seu Comentário

Anuncios

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais