Mais quatro pessoas morrem por complicações decorrentes da Covid-19 em Palmas

Nesta segunda-feira, 03, o Boletim Epidemiológico de Palmas registra mais quatro óbitos ocasionados por complicações decorrentes da Covid-19. Até o momento, o município soma 47 mortes pela doença e a taxa de letalidade é de 0,8% em relação ao total de casos confirmados da enfermidade. A cidade contabiliza mais 62 casos confirmados da doença, após realizar 115 testes na última rotina de exames.

 

Até agora, o total acumulado de casos desde o início da pandemia é de 5.771, sendo que 3.447 pacientes encontram-se recuperados, 2.223 estão isolados e 44 estão hospitalizados. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, Palmas soma 29.674 notificações para síndrome gripal, em que estão inclusos casos suspeitos para Covid-19, sendo que 10.536 diagnósticos foram descartados para a doença.

 

Conforme o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE Palmas), o 44º óbito ocorreu no último dia 26 e trata-se de um homem de 75 anos, diabético e que estava em leito de estabilização de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Palmas. A 45ª morte registrada ocorreu no último dia 31 e é de uma mulher de 84 anos, que sofria de hipertensão e estava hospitalizada em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de hospital particular da Capital. Ambos casos aguardavam confirmação do diagnóstico para Covid-19.

 

O COE Palmas também informa que o 46º óbito é de uma mulher de 46 anos que tinha hipertensão, obesidade e estava hospitalizada em leito de UTI de hospital particular do município. Já a 47ª pessoa a morrer por Covid-19 em Palmas foi um homem de 63 anos de idade, portador de doença coronariana e estava hospitalizado em leito de UTI de hospital público da cidade. Os dois últimos óbitos ocorreram neste domingo, 2.

 

Testes

Em Palmas, das 115 pessoas testadas em exames para diagnóstico, 62 tiveram resultado positivo para a doença. O Laboratório Central do Estado (Lacen -TO) testou 44 pacientes e 20 tiveram confirmação para o vírus. O Laboratório Municipal processou 47 testes e 36 tiveram diagnóstico positivo. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) testou um paciente que teve confirmação do diagnóstico para o coronavírus. Já a rede privada e as farmácias realizaram 23 testes e cinco pessoas foram confirmadas para a doença.

 

Internações

 

A taxa de ocupação hospitalar em Palmas é de 76,9%. A taxa de ocupação de leitos clínicos públicos e privados é de 71,1% e a ocupação de leitos de UTI públicos e privados atingiu 82,2%.

 

Estado de saúde

 

A Vigilância Epidemiológica informa que dos 44 residentes de Palmas internados com Covid-19 no município, 26 são graves e 18 estão estáveis. Outros 20 moradores da Capital estão internados com suspeita para a doença.

Sobre pacientes de outras localidades internados em Palmas, o Boletim informa que 42 encontram-se hospitalizados em Palmas com o vírus, sendo 34 graves e oito estáveis, além de outros 12 pacientes internados com suspeita para a doença.

 

Forma de Contágio

 

A respeito das possibilidades de contágio do total acumulado, o Boletim Epidemiológico revela que 3.105 (53,8%) contaminaram-se por transmissão comunitária, 2.289 (39,7%) tiveram contato com casos confirmados em Palmas, 158 (2,7%) contraíram o vírus após viagens para o interior do Tocantins, 141 (2,4%) foram infectados após viagem ou contato com casos de outros estados, 71 (1,2%) estão em investigação epidemiológica e sete (0,1%) estiveram em viagem no exterior.


Situação nacional

 

Dados atualizados do Ministério da Saúde apontam neste domingo, 02, revelam que o Brasil somava 2.733.677 casos de Covid-19 (aumento do dia: 25.800), sendo 94.104 óbitos desde o início da pandemia (aumento do dia: 541 óbitos). A letalidade é de 3,4% dos casos confirmados.

 

A evolução sobre a pandemia também pode ser acompanhada no site Plantão Coronavírus de Palmas.

Acesse o Boletim

Secom Palmas - 03/08/2020

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.