Diretora da Faculdade Católica analisa a formação em direito no Tocantins

JusTocantins - 17/10/2012

O curso do Direito ainda figura entre os mais procurados nas universidades públicas e particulares de todo o País. Somente na Região Norte do Brasil, existem cerca de 80 cursos de Direito, no Tocantins são 15.

Por outro lado a aprovação nos exames da Ordem dos Advogados do Brasil está cada vez mais reduzida entre os recém-formados. É com foco nestes dados que a diretora geral da Faculdade Católica do Tocantins, Clarete de Itoz, concedeu entrevista ao site JusTocantins. Clarete de Itoz dirige uma instituição com aproximadamente 2.700 estudantes de graduação, distribuídos em 11 cursos, ainda mantém 06 cursos de especialização. 


Confira a entrevista:

 

JusTocantins – Na sua visão o que é necessário para a formação na área do direito em Palmas?

Diretora – Eu acho que de certa forma é mais consistência na apresentação do projeto do curso, e disso direcionar para que os esforços aconteçam. Por exemplo, no curso de direito, nós sabemos todo o esforço que é para você constituir um curso da área com corpo docente qualificado, ofertando uma estrutura física e uma estrutura que tenha conteúdos também, como a que ofertamos na ‘Católica’, para os nossos alunos e isto dá segurança para que nossos alunos cheguem ao mercado de trabalho e exerçam a profissão.

JusTocantins – Como se dá essa formação, essa constituição do curso de direito?

Diretora – Isso não é fácil, é um trabalho que se faz no dia a dia, onde você implementa as ações para que o projeto aconteça. Só que isso tem que estar engajado pela direção, logicamente pelo corpo docente, e que o aluno sinta isso de certa forma.

JusTocantins – Houve um crescimento da criação de curso de direito em todo o País. Pela sua experiência, a senhora avalia como produtivo esse crescimento, ou é mais positivo formar melhor os profissionais nos cursos já existentes?

Diretora – Eu não acho que seja produtivo. Eu sei que a maioria  quer se formar em direito. Sabemos que a concorrência, ou a busca pelo curso de direito, que tem um status maior na sociedade, é maior. Mas, não quer dizer que a criação de novos cursos vá  resolver. Por que? Porque nós temos todo um atrelado ao curso de direito, em relação à formação. Porque nós temos que nos preocupar não é com a formação em direito, temos que nos preocupar é com a formação do homem para o exercício do direito, da profissão do direito. E isso não é fácil de fazer.

JusTocantins – E como é feito esse trabalho aqui pela Faculdade Católica.

Diretora – Então, como disse, nós temos a preocupação aqui na Faculdade é de formar o homem para o exercício do direito, e isto, está ligado a  toda uma estrutura, de corpo docente qualificado. O curso de direito, aqui, é composto por mais ou menos 70% de mestres e doutores, e isto faz com que a Faculdade possa estar dando segurança aos alunos que a procuram para se formarem.

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.