Bases para locações de imóveis – Serviço imobiliário Nacional

A mídia expõe diariamente o avanço da crise econômica no país, o mercado imobiliário faz parte da economia nacional, por isso incrementar as bases para locações e intermediação imobiliária é no mínimo curioso.

As bases conhecidas para locação são o imóvel, locador e locatário, estes devem ter condições equilibradas para que haja a contração de locação de imóveis, bom para todos e para a economia local.

Contudo, questões econômicas devem ser empenhadas no assunto em essencial o quesito preço, para que possamos compreender da quantidade de imóveis a locar vivenciadas e visualizadas em nossos dias.

Sem dúvida a carteira de locação faz parte do faturamento mensal de imobiliárias e gestores de locações Brasil afora, por isso estes agentes são sensíveis (fonte de recursos) em relação à relocação, estes não possuem critério científicos para afirmar que o mercado imobiliário está desaquecido ou em crise, muito menos apostar todas suas “fichas” comerciais nestes dois itens do serviço imobiliário nacional. (locação e vendas, onde estão às avaliações, consultorias, pesquisas, condomínio, lançamentos, etc.).

Como corretor de imóveis, vejo com naturalidade comercial o processo de demanda e oferta de imóveis a serem locados e comercializados, são muitos atores econômicos, sociais e mercadológicos envolvidos (famílias, governo, famílias, produto, preço, praça, promoção, renda, sazonalismo, etc), aliado ao cenário cíclico da economia mundial, nisso, sugiro prudência dos colegas profissionais e organizações imobiliárias em expor comentários relativos ao mercado de imóveis, foque os negócios e deixemos a mídia trabalhar.

Faça um exercício, ligue em imobiliárias e pergunte se ela está locando ou não, cuidado com a pergunta, repito, elas estão locando ou não, tire suas dúvidas, “os negócios estão sim acontecendo”, a questão é em que velocidade.

Sobre as bases para locações, o momento é de negociação das partes envolvidas, o sonho da casa própria, alugueis acessíveis e imóveis de qualidade a locar, são ancoras para o comércio de imóveis, neste pensamento, a sugestão é fazer a avaliação dos preços de alugueis ( quem pode fazer e o corretor de imóveis credenciado), que os proprietário de imóveis proponham reformas (atrativos) em suas unidades com vista a qualidade (proprietário) e,  que o potencial locatário  esteja com seu cadastros econômico/social em condições, para que haja a efetiva qualidade locativa.

Certa vez perguntei para uma pessoa, qual era o seu sonho, ele me disse uma casa própria, outra vez perguntei há um investidor, em que investir, ele disse em imóveis para locação.

Corretores e imobiliárias, anunciem, customize suas placas de identificação, motivem seus colaboradores, façam suas ligações, usem as estratégias mercadológicas disponíveis, inovem, renovem, inventem, mãos a obra, temos muito a fazer, milhares de lotes, chácaras, casas, residências e apartamentos em todo o país nos esperam para serem intermediados.

Concluo dizendo, mercado nacional de imóveis é fixo, oscilações acontecem em toda modalidade de comércio mesmo em dias de bonança, o que você não locou ou vendeu hoje, pode ser vendido ou locado amanhã, os profissionais do setor devem por em prática a excelência em atendimento e vendas, agregados à orientação competente com foco em resultados.

                Deus abençoe e sucesso a todos.

   

*ROGÉRIO LOPES, é crente em Jesus Cristo, Meneger Financial Personal, Administrador de Empresas, Especialista no Agronegócios,  Instrutor de Cursos, Corretor de Imóveis e Perito Avaliador Imobiliário.

 [email protected]

Rogério Lopes, colunista JusTocantins - 10/02/2016

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.