O seu canal diário de Notícias

Cerca de 60% dos brasileiros alegam não ter uma renda suficiente

De acordo com dados, a maioria dos brasileiros não tem renda para cobrir todos os seus custos

Segundo especialistas, mais de 60% dos brasileiros possuem uma renda insuficiente para arcar com os custos de vida. Por conta do aumento da inflação nos últimos anos, a população percebeu a maior redução do seu poder de compra e tudo se tornou mais caro.

Renda
Renda de brasileiros não arca com todos os custos. Imagem de Pexels.

 

Renda média não é suficiente para cobrir as despesas

Anuncios

Nos últimos anos, os brasileiros viram que o aumento da inflação gerou um menor poder de compra, o que deixa a sua renda insuficiente para cobrir as despesas essenciais. De acordo com uma pesquisa do Banco Central, é uma realidade que pertence a cerca de 64,2% da população brasileira.

Veja também: Veja como proteger o seu dinheiro para 2024

Outro fato importante é saber que o salário mínimo está fixado em R$ 1.320,00. O Diese (Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos e Estatísticos ) apontou que o valor necessário para uma família atender as suas despesas básicas e conseguir lidar com os custos seria de aproximadamente R$ 6.210,11 no mês de Outubro.

Os dados do Banco Central avaliaram que a insuficiência de custos tem um maior destaque para o sexo feminino (69,7%), seguido da faixa etária entre 45 a 59 anos de idade (67,9%), além de apontar que cerca de 77,6% moram na região Norte do Brasil. Porém, é importante ressaltar que 44,6% conseguem arcar com as despesas sem pedir dinheiro emprestado.

Dicas para lidar com uma baixa renda familiar

Anuncios

Além dos dados de renda familiar insuficiente, a pesquisa apontou que cerca de 24,5% dos brasileiros não conseguem financiar seus custos no mês. Portanto, é preciso saber algumas dicas básicas para tentar administrar o seu dinheiro da melhor forma, sem precisar entrar com um pedido de empréstimo.

Veja também: Veja as MELHORES renda extra para o fim de ano com essas dicas

Para conseguir cobrir as despesas, a maioria teve que utilizar os seus recursos existentes (58,8%). Logo, para saber lidar com um baixo salário, o primeiro passo é criar uma reserva de emergência, além de evitar o uso de crédito e poder estar pronto para imprevistos. Afinal, as contas precisam ser menores que o ganho.

O ideal é investir em gastos inteligentes que possam trazer algum retorno, além de ser fundamental estabelecer as prioridades e objetivos, afim de evitar compras impulsivas. Enfim, ao manter o seu orçamento equilibrado é possível desenvolver uma boa saúde financeira e ter o compromisso de sempre guardar um pouco todo mês.

Anuncios

Deixe o Seu Comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais