O seu canal diário de Notícias

Home Office: estudo indica o fim da modalidade de trabalho!

Se você gosta de trabalhar em Home Office, fique esperto! As empresas estão indicando o fim dessa modalidade de trabalho em todo o mundo.

Londrina, domingo, 27 de agosto de 2023. Por Luciana Bataglia – Um Instituto do Japão fez um estudo sobre o amado por muitos e odiado por vários “Home Office”, existe um divisor de águas entre quem ama trabalhar em casa, e quem prefere mil vezes trabalhar na empresa. E existe a galera que fica em cima do muro, os “híbridos”.

Com a pandemia do Covid-19, as empresas foram obrigadas a formatar a forma de trabalho convencional, com todos dentro da empresa, e direcionar as equipes para trabalhar de casa. A grande surpresa foi que, de fato, dá sim para trabalhar de casa.

O estudo sobre o Home Office

Anuncios

O estudo feito pelo Centro de Produtividade do Japão, mostrou que as taxas de trabalho em casa de 2020, diminuíram neste ano. E também informaram que muitas empresas preferem é que o empregado esteja dentro da empresa. Já referente ao nível de satisfação e insatisfação dos trabalhadores, os números estão muito próximos.

Grandes empresas hoje, já anunciam vagas de emprego 100% remota, ou híbrida, onde o empregado tem a opção de fazer parte da sua jornada de trabalho em casa, e a outra parte na empresa. E tem as empresas convencionais, que não aderiram ao home office.

É impossível não falar sobre os benefícios do home office. Ele traz  economia da empresa em despesas, de luz, água, aluguel de espaços maiores, etc. Já para o empregado, a comodidade de trabalhar em casa, economizar no tempo de deslocação até o local de trabalho, a alimentação. Durante a pandemia, foi realizado diversas pesquisas e reportagens sobre como o home office é benéfico ao trabalhador, inclusive também gerou muitos memes.

Mas também tem os pontos negativos para o empregado, existe uma confusão entre a sua casa e o ambiente de trabalho, alguns acabam trabalhando até mais do que o tempo da jornada de trabalho, já que está em casa, pode continuar trabalhando do mesmo jeito, e a falta de intervalo para descanso entre uma jornada e outra traz seus malefícios ao empregado. E para o empregador, a falta de supervisionamento do tempo de trabalho, se a jornada está realmente sendo cumprida, ou se o funcionário não está respeitando os horários da empresa.

Anuncios

Após a pandemia, é natural que a porcentagem do trabalho home office tenha diminuído, mas não há que se falar em fim do trabalho home office. A modalidade veio para ficar, se mostrou completamente capaz, e cabe ao empregador e ao empregado, buscar aquela que mais se identifica. Tanto com o perfil da empresa, quanto com o do funcionário.

Deixe o Seu Comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais