Preocupação

Túlio Chegury* - 22/04/2019

Durante estes últimos dias estava analisando o cenário nacional, não apenas no aspecto político, mas também econômico e institucional. Quem me dera ser detentor de conhecimentos profundos e até mesmo possuir uma inteligência mais aguçada, mas faço algumas ponderações e isto me leva a ter preocupações.

Fato, que nesta ultima eleição, além de apoiar a eleição do Presidente Bolsonaro, ainda tive a grata experiência de lançar nosso nome, juntamente com Farlei Meyer e Felipe Ponce, para o cargo de senador da república. Fato cristalino e esperado é que face aos esquemas do coronelismo e ao voto de interesses, jamais teríamos condições de nos eleger, mas plantamos uma semente e que, com toda certeza para nossa grata surpresa, rendeu frutos. Desta feita, ouso a querer fazer ponderações e emitir opiniões.

Passaram-se mais de 100 dias do inicio do governo Bolsonaro, prazo este curto para o inicio de quaisquer modificações ou melhorias no cenário nacional, seja em qualquer setor. Mas, assustam os ataques constantes praticados por todos os setores a este governo, ataques estes que partem de todos os lados, inclusive sofrendo o conhecido fogo amigo, ou seja, ataques vindos de suas próprias fileiras.

As medidas até então tomadas, os projetos já enviados, nos deixam preocupados face combate sistemático por parte da mídia brasileira, pelos mais diversos setores da economia e também da politica. Sabia desde o começo que o acirramento se daria de forma gradativa e constante, face justamente o combate ás mordomias e a prática da velha politica do toma-lá-da-cá. 

Existe a percepção que o governo esta acéfalo, desorientado, perdido, justamente frente aos ataques constantes, bem como, a ausência de articulação de suas lideranças, além claro, das constantes danças de cadeiras ocorridas na troca do “staff” do executivo, aliado ainda a busca de poderio por todos os membros do primeiro escalão governamental.

A percepção da acefalia leva ao investidor, ao empresário, ao comerciante a não praticarem investimentos em seus setores produtivos, o que é sentido ao se andar nas cidades, tendo lojas fechadas, diminuição do quadro de funcionários e também a baixa circulação de dinheiro entre as pessoas.

 

Tais situações caso não sejam revertidas, tendo como inicio a reforma urgente da previdência, levará pela percepção geral, a um quadro de instabilidade maior do que já estamos vivenciando, bem como, de recessão para o final deste ano, ou mais tardar no inicio do próximo ano, tendo como consequência uma inflação mais elevada, juros mais caros, desemprego aumentando, entre outros fatores que irão prejudicar nossa economia e automaticamente este Nosso Governo. 

Nota-se claramente que as corporações, sindicatos, associações das mais variadas classes de servidores públicos já estão articulando contra a reforma da previdência, pois defendem com unhas e dentes suas regalias e mordomias, mesmo que em detrimento à sociedade, ou seja, cuidam apenas de seus próprios interesses, deixando a grande massa de cidadãos à mingua.

Além destes aspectos apontados, preocupa ainda o ativismo judicial praticado pela mais alta corte nacional. O STF ao invés de se ocupar de sua função institucional, vem de forma crescente e pontual opinando em todos os assuntos, o que levou ao mesmo a quase praticamente a gerir o Estado Brasileiro. Deuses como todos os chamam, tendem a cada vez mais a querer comandar e gerenciar a tudo e a todos, com a anuência dos políticos, pois estes sempre encontram guarida naquela corte, contra seus crimes e suas ameaças, em detrimento da estabilidade do país. Além daqueles ainda encontramos advogados, a própria OAB e outras instituições que levantam a voz em defesa deste tribunal, claro, buscando as benesses dos Deuses. Seguem a máxima: “Para os inimigos a lei, para os amigos as benesses da lei.”

Estou preocupado...........

Espero que o povo brasileiro volte às ruas e grite contra tudo e contra todos que tentam minar este governo.

Quanto a CPI da Toga, não irá acontecer, no que pese necessitarmos passarmos a limpo aquela corte......

Fé, Força e Honra.

Pátria Amada, Brasil.

 

 

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.