Por que ele estava tão motivado, assunto sem fim serie negócios – Boas Práticas Empresárias – BPE (MOTIVAÇÃO)

Por que ele estava tão motivado, assunto sem fim serie negócios – Boas Práticas Empresárias – BPE (MOTIVAÇÃO)

Algo estava diferente,“tigrão” meu cachorrão estava mais que feliz, pulava, latia, mordia sua bola, topava em mim, rodopiava, aí percebi, tinha que interagir, brincamos alguns minutos e veio a reflexão, motivação como boa prática empresarial e por que não pessoal.

Porque estamos alegres, felizes ou o inverso? Vale pensar nisso.

Será a motivação algo ou uma atitude a seguir, um objetivo a alcançar em qualidade, perfeição, ganhos, poder, sexo, liderança, esporte, moda, cultura, lazer, religião, sucesso, sonhos, ações de valor, um legado em vida, enfim, o que vem a ser a motivação para o homem?

Duro questionamento.

Realmente o que nossos líderes ou liderados consideram como motivação não sei, existem vasta teoria e aplicação prática do assunto, mas sei que para ocorrer tal acontecimento em nossas vidas, são necessários ingredientes, como um gostoso bolo.

Mas o que ganho em estar motivado rapaz?

Ora, pessoas, mercado, empresas, lares (sua família), todos esperam motivação em seqüência sem cessar, não há como esquivar do assunto, por isso o tema é atrativo e estratégico até para Estados.

Do ponto de vista clínico não posso opinar, não tenho tais credenciais, mas psicólogos e psiquiatras podem ajudar quando o caso passa da motivação para desmotivação pessoal, como cidadão considero que temos que ter um fator externo para nos motivar.

Fatores externos estavam envolvidos nos dias legais de sua vida no passado, as superações, erros, correções, as vitórias, quais ingredientes existiam, não é quebra-cabeças, sim uma resposta para motivar-se no presente visando o futuro, que tal.

Quero lembrar que motivação difere em termos de comprometimento, ou seja, primeiro é um ato ou efeito de motivar, e o segundo assumir um compromisso, tema para a próxima opinião da serie.

Será que um compromisso individual pode nos motivar? Que compromisso seria este.

Para muitos estar motivado, pode ser ganhando dinheiro, família unida, viver feliz e alegre, ajudar ou cultuar a vida, o próximo, ser a solução e direção de processos e procedimentos, certo é, que objetivos devem existir para que haja motivação para concretizarmos algo.

Uma questão, quando alcanço meu objetivo, o que devo fazer para continuar em tal estado?

Não tenho fórmula, meu cachorro é proativo e ponto, no meu caso estabeleci um objetivo fixo e duradouro que me mantém alerta, repito alerta no fator motivação, muitas vezes balanço, mas a lição da motivação deve ser pessoal, resultados dependem de nossas ações, correções e direções diariamente, isso já vem a ser motivação para muitos anos.

Sorria disso ok, inventei um “jingle” não comercial e pessoal que ajuda, mais ou menos assim, canta comigo, “lembre-se, lembre-se, lembre-se, piriripipi, pararapapa”, bis, bis..., que beleza, isso traz lembrança das minhas origens, caminhos percorridos é os que tenho que percorrer, tal ação agita meus pensamentos.

Como prática empresarial, empresas oferecem premiações, bonificação, elogios, etc, ações que devem ser incrementadas como manifestação de resultados, mas conversar sobre motivação, fatores que podem ou não influenciar o ambiente organizacional e os negócios é essencial, foco nesta ação.

Abraço é faça uma enquete em seu site, grupos no facebook, whatsapp ou na caixa de sugestões da empresa, do que pode ser feito para melhorar a motivação das pessoas, barato, ágil e prático, após divulgue os resultados, pode nos ajudar.

Benção de Deus em suas vidas.

 

    ROGÉRIO LOPES, é crente em Jesus Cristo, tocantinense, portuense, Administrador de Empresas, Especialista no Agronegócios, Educador Financeiro, Facilitador de Cursos,  Corretor de Imóveis e Perito Avaliador Imobiliário.

Contato:  [email protected]

 

 

Rogério Lopes*, colunista JusTocantins - 22/07/2015
Leia mais: Gestão

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.