O seu canal diário de Notícias
PREFEITURA

Fiscalização em mercado após denúncias apreende mais de 300kg de carnes sob condições insalubres e outros produtos impróprios para o consumo

Os fiscais se depararam com uma situação onde a carne moída estava armazenada em sacolas plásticas, favorecendo a infestação de moscas. As geladeiras mostravam sinais de má conservação com resíduos acumulados

 

 

Durante uma operação de fiscalização no mini mercado localizado em Guaraí, no Tocantins, região central do estado, a equipe da Vigilância Sanitária Municipal fez uma apreensão de grande quantidade. Mais de 300kg de alimentos armazenados sob condições inadequadas de higiene foram retirados do estabelecimento. A ação ocorreu depois que o órgão recebeu diversas denúncias a respeito das condições do açougue do mercado.

Na quinta-feira, os agentes da vigilância realizaram uma visita de inspeção e identificaram várias infrações. Segundo o coordenador, Vanderlito Alves Vilanova, a área de açougue apresentava uma série de problemas. Foram encontrados cortes de carnes bovinas congeladas oferecidas para venda que não se encontravam em condição de serem consumidas.

Os fiscais se depararam com uma situação onde a carne moída estava armazenada em sacolas plásticas, favorecendo a infestação de moscas. As geladeiras mostravam sinais de má conservação com resíduos acumulados, e o piso do espaço estava contaminado com sangue proveniente das carnes expostas.

PRODUTOS SEM REGISTROS E  MÁS CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTOS 

A fiscalização revelou a presença de linguiça caseira e cortes de carne com parte da medula óssea, ambos sem o devido registro do órgão de inspeção competente. Também foram encontrados pacotes de mandioca embalados sem etiquetagem apropriada, igualmente destituídos de registros sanitários.

O total de produtos retidos pelos agentes chegou a 312.201kg, dos quais 307.051kg eram de carnes diversas e 5.150kg de mandioca. Por estarem comprometidos e impróprios para o consumo humano, esses itens foram descartados no aterro sanitário local.

MEDIDAS ADMINISTRATIVAS APLICADAS 

Devido à gravidade das infrações, o mercado teve seu setor de açougue interditado e recebeu uma autuação pelas condições insalubres, a desorganização e o odor desagradável que imperava no local. A área permanecerá fechada até que se adequem às normas de higiene e organização requeridas para sua operação.

ORIENTAÇÕES DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA AOS COMERCIANTES

A Vigilância Sanitária ressalta que a observância da legislação sanitária é imperativa. Alerta ainda sobre a importância do cumprimento das normas estabelecidas para garantir que os produtos comercializados não representem perigo à saúde da população consumidora.

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais