O seu canal diário de Notícias
PREFEITURA

Polícia cumpre mandado contra homem acusado de tentativa de homicídio contra ex-enteado em praia de Palmas

A operação também tem no radar a mãe e a atual parceira de R.J.C.C., ambas sob investigação. Há possíveis evidências de que as duas podem ter tentado intimidar e coagir familiares da vítima, a fim de obstruir o processo investigativo

 

A 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoas em Palmas realizaram, nessa quinta-feira,6 , uma ação legal em uma residência, como parte de uma investigação de tentativa de homicídio.

Durante a manhã de quinta-feira, foi efetuada na moradia de R.J.C.C., de 28 anos, um mandato de busca e apreensão emitido pelo judiciário. O indivíduo é investigado por um ataque violento contra seu ex-enteado de 27 anos em 31 de março, ocorrido em um evento social na Praia das Arnos.

O delegado Eduardo Menezes se direcionou ao Hospital Geral de Palmas onde R.J.C.C. está hospitalizado, para notificá-lo sobre a ordem judicial de usar tornozeleira eletrônica. Apesar do pedido de prisão preventiva ter sido negado, a justiça definiu o monitoramento através do equipamento eletrônico, que será instalado pela Polícia Penal.

A Mãe Sob Investigação 

A operação também tem no radar a mãe e a atual parceira de R.J.C.C., ambas sob investigação. Há possíveis evidências de que as duas podem ter tentado intimidar e coagir familiares da vítima, a fim de obstruir o processo investigativo. O delegado alerta que tais ações podem constituir crime de coação durante o processo.

De acordo com o delegado, o inquérito policial encontra-se em fase final e logo será concluído, com a perspectiva de que R.J.C.C. seja formalmente acusado pelo crime de tentativa de homicídio. O dossiê sobre o caso será encaminhado para apreciação do Poder Judiciário e do Ministério Público.

O Que Detalha as Investigações

As investigações detalham que a vítima estava com amigos em um estabelecimento à beira-mar quando foi surpreendida com um ataque brutal. R.J.C.C. é acusado de ser o autor da facada que atentou contra a vida do ex -enteado.

Detalhes do Ocorrido 

Dois meses antes do ocorrido, R.J.C.C. invadiu a casa da vítima, sua ex-sogra, com quem manteve um relacionamento por anos. O delegado narra que a mulher, ao terminar o namoro ao final de 2023, foi procurada pelo ex no dia 1 de janeiro de 2024.

Sem resposta aos seus chamados e não encontrando a ex em casa, R.J.C.C. acabou invadindo a residência e tendo um encontro abrupto com a vítima. Inicialmente, o ex-enteado se limitou a pedir que o invasor se retirasse.

O retorno de R.J.C.C. para falar com a ex-namorada mais tarde culminou em um confronto verbal mais intenso, que quase evoluiu para violência física, não fosse a intervenção da mulher visada.

Motivação Aparente 

O delegado Menezes sugere que o ataque à faca foi motivado por vingança decorrente do fim do relacionamento e possivelmente exacerbado pelo consumo de álcool.  “A vítima relatou que o investigado, depois de cravar a faca na região do peito, fez questão de enterrar o objeto com ainda mais força, em um claro movimento de perversidade e ratificação de intento criminoso de provocar a morte do ex-enteado. Essa foi a forma que ele encontrou de se vingar da ex-namorada por ter terminado o relacionamento”, ressalta o delegado.

O socorro à vítima foi providenciado por amigos, que o encaminharam à UPA Norte e, em seguida, ao Hospital Geral de Palmas. Após um período crítico, o jovem atacado teve uma recuperação auspiciosa e sobreviveu aos ferimentos recebidos na incidência. O caso segue sob investigação e mais atualizações são esperadas à medida que o processo avança.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais