OBRIGADO

Mesmo a distancia tenho acompanhado os acontecimentos envolvendo a pandemia de COVID-19. Digo a distancia, pois como muitos, dentro do possível, mantenho o distanciamento social, afinal, acreditando ou não, nestas medidas de distanciamento, temos que contribuir para com as autoridades públicas, em prol da coletividade, apesar que, certas ações são ao meu sentir desnecessárias...mas isto somente o tempo dirá o que estava certo ou errado.

 

Com exceção de alguns amigos que partiram para o plano espiritual, verdadeira morada de todos, ainda não tive a perca de nenhum familiar, ao contrário de tantas famílias que estão a sofrer perdas diariamente, e quero externar meus sentimentos a estas pessoas. Sei o quanto é difícil a separação de pessoas que tanto amamos, e que nos são caras, mas é uma realidade atual e da própria existência carnal.

 

Dia após dia, vemos amigos e conhecidos sofrendo e desesperados à procura de tratamento, de internação, de UTIs, de atendimento médico e também da vacina. O desespero e o medo batem à porta de todos, sejam estes ricos ou pobres, brancos ou negros, ou de qualquer gênero.

 

O sistema de saúde, como um todo encontra-se em colapso, isto a nível mundial, pois efetivamente o mundo nunca esteve preparado para tal situação pandêmica, ainda mais, que as autoridades públicas jamais acreditavam que um dia teríamos um pandemia desta magnitude, e que iria colapsar tudo, trazendo enormes consequências para todos os sistemas, de saúde, de produção, de abastecimento, da economia, politica, entre outros. Recursos sempre tiveram, mas os objetivos eram outros, afinal, governantes, políticos e autoridades públicas sempre estavam e estão com outros interesses, aos quais nem mesmo preciso mencionar.

 

A humanidade já há um ano mudou, nosso mundo nunca voltará a ser como antes após passarmos por esta tristeza e sofrimento. As relações humanas e sociais serão outras. A forma de lidarmos com nosso dia a dia sofreu dura transformação, e talvez as pessoas ainda não perceberam tais modificações.

 

Tudo isto que acabei de escrever muitos já falaram e escreveram.

 

Ontem, estive conversando com um profissional da saúde, que encontra-se na linha de frente, e em dado momento lhe disse: “Muito Obrigado por tudo”. E ele me perguntou: “ Obrigado pelo que?”....Disse a ele: “Obrigado por você e seus colegas se doarem em prol de todos nós, obrigado por colocarem suas vidas em risco por todos, obrigado por se afastarem de suas famílias para cuidarem de pessoas que nem mesmo conhecem, e que mesmo sendo muitas das vezes subvalorizados em todos os aspectos continuam firmes...”

 

Este profissional ao ouvir minhas sinceras palavras não se aguentou e caiu em pranto, chorou muito e confidenciou-me que há meses não tem contato com seu filho, seus pais, e outros familiares e amigos, para não transmitir a doença.....que ao chegar em casa para descansar não tem ninguém para conversar e nem confidenciar nada, sempre caindo em choro e dor em sua solidão.......que seu salário é de R$.......subvalorizado, e que muitas das vezes tem que ouvir desaforos de todos, mas que mesmo colocando sua vida em risco, não trocaria de profissão e de trabalho por nenhum outro, pois ama o que faz.

 

Sempre que posso agradeço a todos estes guerreiros(as) da saúde, do bem e do amor, que se doam pelos outros, que não medem esforços em amparar e salvar vidas......

 

Aqui fica meu MUITO OBRIGADO a todos os profissionais da saúde, aos enfermeiros(as), médicos(as), maqueiros(as), auxiliares de saúde, aos porteiros(as), aos faxineiros(as), e todos os que de alguma forma se doam em prol de todos nós....Que o Pai Criador abençoe cada um de vocês...mais uma vez OBRIGADO.   

Prof. Dr. Túlio Jorge R. de M. Chegury - Advogado (63) 8404 74 84 Operadora Vivo - 06/04/2021

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.