Duas Telas – Sensação de aceleração dos tempo – Visão pessoal

Naquela visita técnica os funcionários exibiam nas mesas das estações de trabalho, duas telas de computadores, alegavam que podiam ao mesmo tempo visualizar documentos e operar programas computacionais.

Nada de mais ou de novo.

Mas um detalhe chamou atenção, todos os indagados disseram que estavam com sensação de aceleração do tempo, e que suas demandas diárias não eram concluídas, mesmo tendo aparato tecnológico suficiente.

Talvez um problema organizacional, social ou de saúde pública a vista, pois sensações são estímulos externo ou interno que provoca reações.

Certo é que gestores de lucratividade, empreendedores e autônomos na sociedade estão atentos com a temática.

Você tem a sensação de aceleração do tempo?

Você já sentiu que suas demandas diárias não são completadas?

Medidas de fiscalização das atividades laborais como, relatórios e reuniões de produtividade, são cada vez mais triviais e recorrentes nas empresas, é ainda continuam relatos sobre má gestão do tempo em relação a demandas existentes.

Mas as pessoais? (medidas de fiscalização)

Como aproveitar o tempo, passa na mente de todos.

Considero ser fácil perdermos o foco ou atenção nas atividades que fazemos.

Dirigir, comer, diversão, família, trabalho, realização pessoal e profissional, prazer, diálogos com amigos e familiares por meio de mídia, comunicação, web, educação, dentre outros podem ser os responsáveis pelo consumo do nosso tempo diário.

Nada de indicar os vilões na questão sensação de aceleração do tempo, trata-se de um assunto delicado, útil, decisório e pessoal.

Os profissionais da ciência da tecnologia da informação TI, por exemplo, tem se desdobrado para achar alternativas no apoio contra o tempo escasso.

Alerto que medidas mitigadoras devem ser implementadas para manutenção e melhoria da sensação de aceleração dos tempos.

Sugiro a criação de indicadores de produção pessoal e checklist de atividades que devem ser cumpridas diariamente.

Exemplo de indicador, quantos compromissos eu tenho no dia de hoje, no final do dia quantos destes foram efetivados, adiados ou postergados, relacione os porquês.

Faça uma espécie de relatório de indicadores, descreva os detalhes numa agenda, caderno ou folha, veja o que deu certo ou errado, sempre fazendo correções, assim você se especializa. 

Exemplo do checklist, pegue um modelo na internet ou adapte para sua realidade, com informações de como fazer as tarefas, bem como as ferramentas necessárias para iniciar, pausar e terminar seu dia, semana, mês, e ponha em prática.

Tais sugestões, por serem básicas, simples e baratas, podem ser apropriadas as situações pessoais e profissionais, podendo ser um trunfo, no quesito tempo.

Expresso também o cuidado com o excesso de entretenimento nas redes sociais, estes, paulatinamente consomem tempo, estratificando qualquer estratégia de gestão e empoderamento nesta ótica da vida.

Termino com um causo de minha autoria: Tempos em tempo, passava naquele reinado antigo, uma carruagem de ouro, com cavalos brancos, cocheiros bem trajados de um reino distante, demonstrando o poderio e riqueza, era lindo. Mas naquele ano nenhum morador do reinado via a carruagem passar, uns diziam que ela não passou, outros falaram que passou antes do previsto, em horário diferente do ano anterior. Certo que até hoje, muitos deixaram seus afazeres e estão esperando a tal carruagem passar.

Moral da história: será que ver a carruagem passar é tão importante assim.

Você é que sabe o a importância da sua.

Sucesso.

Deus nos abençoe!

 

*Rogério Lopes, é crente em JESUS CRISTO, facilitador em Finanças da Família, Administrador de Empresas; Especialista no Agronegócios; Articulista em Negócios; Corretor de Imóveis; Perito Avaliador Imobiliário, Auditor Interno  e Colunista do site Justocantins. Email: [email protected]

Rogério Lopes* - 17/09/2021

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.