1º Jornada “eu” posso. Vivencial.

1º jornada eu posso”, foi uma caminhada no dia 8/9/2016, no trecho da 408 norte à rodoviária de Palmas-To, aproximadamente 10 KM, pela TO 050.

A rota escolhida e a ocasião não tinha finalidade especifica, foi concluída com sucesso em 2 horas e 30 minutos, com apenas seqüela do cansaço, pois ainda não tinha o preparo físico adequado naquele dia.

Esclareço que o objetivo especial foi questões de saúde, mas a vivencia foi além e vou explanar para o leitor.

Aptidões e preparo a parte, narrar os condicionantes da jornada pode auxiliar como sugestões pessoais, profissionais e empresarial, haja vista que havia uma estrutura prévia para o acontecimento, que chamo de “PLANEJAMENTO”, sei que conhece o significado da palavra.

Rota, paradas, alimentos, roupa adequada, equipamento, apoio, cenários naturais possíveis, ocorrências prováveis, segurança, foram detalhadamente pensados.

Alias você tem pensado na sua vida?

Como relato inicial, digo que o objetivo foi alcançado com certa tranqüilidade, para os jornadeiros de carteirinha 10 km é fichinha, mas para os que tem apenas vontade não é nada disso, o alcance da meta foi motivo de  confraternização.

Confraternização não é o assunto da moda, muitos pensam que não vão conseguir em vários sentidos (família, carreira, negócios, relações humanas), reflita, o que é necessário na sua vida, o que está esquecido ou guardado (o que, porque, quando, como, quanto), é necessário um pensamento atípico, no caso da “jornada”, queria fazer e fiz, na verdade vou fazer novamente.

Faça algo pessoal, lá do seu íntimo.

Atenção, há jornada começou na rua às 6:15 hs, do dia 8/9, mas a meses eu já planejava, convidei amigos (nenhum foi), fui alvo de deboche, caminhei solitário, encontrei conhecidos que paravam e perguntavam se estava tudo bem, o calor e o sol castigava, mas lá estava o caminhante, feliz por estar praticando o que tinha planejado, algo pessoal, falo de “sonhos”.

Sonhos é assunto pessoal, profissional e empresarial, que podem realizados ou não, basta que você de credibilidade ao assunto, converso com muitas pessoas no meu cotidiano, estas, falam de sonhos simples, palpáveis, mas nada de prática, cadê a credibilidade pessoal, de um crédito para você, talvez a palavra chave seja AÇÃO.

Pessoas precisam perder peso por questões de saúde, outros dizem que sabem novas estratégias no campo profissional e empresarial, mas não praticam, deixam barreiras pessoais impedi-las, medo da falta de credibilidade é espantoso nas conversas informais.

Voltemos à narrativa da “jornada”, o amanhecer, ar puro, sensação de liberdade, natureza, revoada de pássaros, animais domésticos, homens, pessoas pedalando, movimentação de trabalho, carretas, barulho, o corpo em movimento, parada para a farofa, observação, reflexão, um filme mental, tudo isso ocorreu, foi tudo de bom.

Vivencia é necessária em todos os sentidos da vida, lembro de um conto, mais ou menos assim, “o cavalo e o burro adquiram inteligência, o burro cansado de trabalhar duro, perguntou ao amigo cavalo, ei, quer descansar hoje? O cavalo bonitão mas ingênuo disse sim, o burro sugeriu, amanhã quando o patrão vim te selar, finja que está mancado. Dito e certo, quando o patrão veio buscá-lo no pasto, que por sinal era bem apertado para os dois animais, o cavalo ficou mancando, aí o patrão, chamou a sua esposa... Sinhá traz a espingarda pois o cavalo não presta mais, vou matá-lo”.

Viver é necessário, conhecimento teórico também, mas aplicação prática  necessita de vivencia, digo de todos tem, para isso, mesmo você estando fora temporariamente do mercado de trabalho pode explorar a técnica com a prática, digo isso muitos em nossas reuniões e oficinas de prática empresarial.

A 1º jornada eu posso, foi uma aula ao ar livre de motivação, relações humanas e de planejamento estratégico, um alvo existia, pratique, desenvolva, sabe aquela sua idéia, acredite nela, comece simples e colha resultados.

Outra situação, que tal chamar sua família para uma caminhada, momento de lazer, reflexão e união.

União, palavra tão louvável em qualquer situação, veja como o foi os jogos olímpicos 2016, equipes unidas tiveram vitória, proponha alternativas para sua vida familiar, sei que não é fácil o que digo e sugiro, mas pode ser uma alternativa, famílias estão sendo destroçadas pela falta de união e dos seus benefícios, faça um balanço de sua vida, não deixe para depois.

Finalizando, não sei quando vai ser a 2º jornada eu posso, talvez, você faça a sua, me convide, afirmo que colhi resultados, em especial o combate do colesterol, abraço a todos e obrigado à aluna do Sesc Palmas-To,“Débora”, que em 21/9/2016, fez a leitura critica deste texto.

Deus abençoe a todos.

 

ROGÉRIO LOPES, é crente em Jesus Cristo, tocantinense, portuense, palmense, Meneger Financial Personal, Administrador de Empresas, Instrutor de Cursos, Especialista no Agronegócios,  Corretor de Imóveis e Perito Avaliador Imobiliário.

[email protected]

Rogério Lopes, colunista JusTocantins - 29/09/2016

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.