COMEÇANDO PELO PORQUÊ

COMEÇANDO PELO PORQUÊ

 

Em mais de dez anos acompanhando candidatos em concursos públicos observei algo interessante.

Muitas pessoas fazem qualquer concurso que aparece.

Há inúmeros estudantes, que lotam as salas dos cursinhos, simplesmente desperdiçando seu tempo, sua energia e seu dinheiro, com a ilusão de que a solução para os seus problemas é uma vaga no serviço público.

Simon Sinek, no seu Best Seller “Comece pelo porquê”, mostra que os grandes líderes, as grandes personalidades, que trouxeram real inovação ao mercado e conduzem milhões de pessoas ao redor do mundo, são as pessoas que inspiram.

A obra, dentre tantos ensinamentos fantásticos, resume dois tipos de liderança. O primeiro, que influencia por meio de manipulação, gerando resultados e fornecendo razoável margem de poder e lucro; e o outro que impulsiona as pessoas a fazerem suas escolhas por meio de um processo de inspiração e transparência.

O fundamento do autor é o que ele chama de círculo dourado, no qual a verdadeira liderança inspiradora nasce com a clareza do porquê pessoal, o propósito de vida.

Citando vários exemplos, Sinek demonstra que a grande maioria das pessoas se foca no “o quê” ou no “como” e acabam se perdendo na jornada.

Aplicando os ensinamentos da obra na vida de quem está na jornada em busca da aprovação em concursos, costumo repetir em sala de aula que o mais importante é ESCOLHERMOS O CARGO e não deixar que o cargo nos escolha.

Um raciocínio relativamente simples de compreender, pois o tipo de conteúdo e prova que uma carreira jurídica exige é muito distinto ao de uma carreira policial, por exemplo.

Se uma pessoa faz todos os tipos de concurso que surgem e pensa que concurso é tudo do mesmo jeito, está completamente equivocada e dificilmente alcançará o êxito na aprovação.

A verdade é que há técnicas e métodos específicos para cada tipo de prova e para cada tipo de banca examinadora e, quando a pessoa entende o seu porquê, a preparação e o estudo se tornarão momentos proveitosos e até prazerosos.

Por outro lado, se o foco está apenas em arrumar um emprego para pagar as contas, a busca por conteúdo, as aulas e todo o processo de estudo será penoso e cansativo. Ainda que alcance a aprovação, a pessoa pode se submeter a uma carreira de frustração e amargura, por não estar vivendo aquilo que realmente fagulha dentro de sua alma.

Apesar de ser um livro que trata de marketing, recomendo a leitura e procuro aplicar na minha vida o princípio do círculo dourado, entendendo, antes de tudo, o porquê das coisas e, somente depois de ter clareza a esse respeito, buscar o “como” e o “o quê”.

Espero que você consiga encontrar essa essência mais profunda dentro de seu coração e consiga dedicar os seus dias para o propósito para o qual realmente sua vida foi gerada, pois, como escreveu o ilustre Douglas Gonçalves, DEUS TE FEZ DE PROPÓSITO!

 

 

*Mais sobre o autor em https://linktr.ee/lacerdaprof1.

Rodrigo Lacerda* - 12/05/2022

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.