Grupo Técnico para elaboração do PPA e do orçamento de 2022 tem composição publicada

Palmenses serão ouvidos sobre as ações a serem realizadas pela Prefeitura nos próximos quatro anos

 

A Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Humano (Seplag) criou o Grupo Técnico para elaboração do Plano Plurianual (PPA) 2022-2025 e da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2022, composto por servidores públicos das secretarias e das fundações da Prefeitura de Palmas e da Câmara Municipal. O PPA também passará por uma consulta pública, onde os palmenses poderão apresentar suas demandas e planejar a Capital para os próximos quatro anos. A Portaria nº 422/2021, que cria o Grupo de Trabalho e define seus participantes, foi publicada no Diário Oficial do Município de Palmas nessa segunda-feira, 19.

A Prefeitura de Palmas precisa enviar à Câmara Municipal a proposta do PPA 2022-2025 até o dia 30 de novembro, onde será debatida e votada pelos vereadores da Capital. “É preciso ter no PPA as diretrizes estabelecidas pelo Plano Diretor, articulando o Plano de Governo da Prefeita Cinthia Ribeiro e as propostas apresentadas pelos palmenses na consulta pública, tendo em vista os desafios da pandemia do novo coronavírus. É a oportunidade dos palmenses discutirem as prioridades da gestão municipal para os próximos quatro anos”, explica o superintendente de Planejamento e Orçamento, José Augusto Rodrigues Santos Júnior.

A Prefeitura de Palmas firmou parcerias com a Universidade Federal do Tocantins e com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO) para contribuições na elaboração do PPA. A gestão quer garantir na elaboração do Plano a participação de atores sociais, como as instituições de ensino superior, organizações sociais, conselhos municipais e dos cidadãos em geral. Sempre respeitando todos os protocolos sanitários que o momento de pandemia exige. A consulta pública está prevista para ser realizada em setembro.

“Infelizmente o momento não permite a realização de reuniões presenciais, mas a gestão adotará ferramentas e estratégias para que os palmenses tenham a oportunidade de participar do planejamento de Palmas para os próximos quatro anos. A comunidade será ouvida, pois é o momento de que as prioridades para a cidade sejam definidas por seus moradores”, pontua o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Humano, Thiago Marconi.

Redação/ Edição: Lorena Karlla - 21/07/2021

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.