Dulce Miranda destaca emendas de quase R$42mi e auxílio-emergencial em retrospectiva de 2020

Em um ano mundialmente atípico, a deputada Federal, Dulce Miranda fez um balanço da atuação dela como Parlamentar em 2020. “Sem dúvida o mais desafiador. O Congresso Nacional foi responsável diretamente para ajudar a diminuir os impactos negativos que afetaram a rotina de todo cidadão brasileiro, onde salvar vidas e a economia eram e são a preocupação de todos nós – deputados, senadores e agentes públicos em geral”, observou.

Para Dulce Miranda, o auxílio-emergencial é o responsável direto por resguardar vidas de milhares de pessoas, uma vez que “o benefício ainda está sendo uma ajuda fundamental a quem se encontrava socialmente vulnerável, bem como, para aqueles que perderam sua renda inesperadamente. O repasse é um compromisso do Congresso”, assegurou.  

 

Emendas R$42mi

Todavia, as emendas de quase R$42.000,000,00 foram de extrema importância para o desenvolvimento do Estado, de acordo com Dulce Miranda.  “Todo Parlamentar tem direito a um repasse de R$15 milhões anuais, a partir desse valor, dependerá muito da articulação de cada um para que mais recursos cheguem aos municípios, por meio das emendas “extraorçamentárias”. Neste sentido, eu garanti R$11.297,000,00 de extraorçamentária e mais R$12.911,832,00 empenhados para 2021 destinados à infraestrutura”, disse.

 

Nesse montante foram R$15.000,000,00 emendas obrigatórias, R$5.837,125,22 para o combate à COVID-19  destinadas a 22 cidades, R$9.065,589,00 para o hospital Regional de Augustinópolis – emenda de Bancada, e R$11.297,000,00 de repasse extraorçamentário, citado anteriormente.

 

“No finalzinho deste mês houve o pagamento de R$318.100,53 para o hospital de Araguaína, R$191.656,80 para a construção do CRAS, em Nova Rosalândia, e por último R$118.120,00, para a pavimentação asfáltica, em Darcinópolis”, celebrou, emendando que a área social, que é uma de suas bandeiras, contará com um empenho de  R$4.492,660,00 para 2021. A verba será usada para construção de CRAS e Centro de Convivência dos Idosos, revitalização de praças, entre outros.

 

*Congresso*

O novo Fundeb, de relatoria da professora Dorinha, o Marco Legal do Saneamento Básico, Cessão Onerosa, Programa Emergencial de Suporte aos Empregos e Emenda do Orçamento foram outras pautas relevantes, segundo a Deputada.  “Para 2021 quero dizer aos tocantinenses que continuarei trabalhando, assim como sempre fiz, para todo o Estado, independente de cor partidária”, finalizou.

Sônia Pugas, Assessoria de Comunicação - 31/12/2020

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.