Progressistas lança Kátia à reeleição; 40 prefeitos do grupo declaram apoio à senadora na convenção

O Progressistas confirmou o lançamento da candidatura da senadora Kátia Abreu à reeleição em convenção na noite desta quinta-feira, 4, no Aureny I, em Palmas. Sem nome para o Palácio Araguaia, o evento foi focado no projeto de manutenção da parlamentar no Congresso Nacional e apresentação dos nomes da sigla para a Câmara Federal e Assembleia Legislativa do Tocantins.

Apoio maciço de prefeitos

Kátia Abreu garantiu ter o apoio de 78 dos 139 prefeitos do Tocantins, dos quais 40 deles se manifestaram pública e presencialmente durante a convenção. Falaram os gestores de Natividade, Palmeirópolis, Arraias, Darcinópolis, Colmeia, Carrasco Bonito, Taguatinga, São Valério, Pedro Afonso, Goianorte, Porto Alegre, Combinado, Araguatins, Jaú, Brejinho de Nazaré, Aurora, Esperantina, Campos Lindos, Itacajá, Carmolândia, Cachoeirinha, São Salvador, Palmeirante, Paranã, Cariri, Sampaio, Peixe, São Félix, Ponte Alta do Tocantins, Araguaçu, Santa Terezinha, Nazaré, Chapada de Areia, Cristalândia, Figueirópolis, Porto Nacional, Muricilândia, Praia Norte, Barra do Ouro e Xambioá.

Sem candidato a governador

Preterida pelo atual chefe do Poder Executivo, Wanderlei Barbosa (Republicanos), e com a possível candidatura do filho, senador Irajá Abreu (PSD), sendo uma incógnita, Kátia Abreu disse que não terá nome ao Palácio Araguaia. “A senadora pode não ter um candidato a governador, mas tenho um milhão e meio de tocantinenses, quase 80 prefeitos que estão comigo. E o que for escolhido pelo povo do Tocantins terá meu respeito e admiração”, afirmou. Entretanto, em seguida, a parlamentar parece provocar o ex-aliado republicano. “Não vou admitir, durante a campanha eleitoral, que possam fazer proveito da máquina pública, achando que sou menor. Não! Posso não ser dois, mas não sou metade”, emendou.

Mais experiência do que todos os outros juntos, que não venderá barato

Kátia Abreu não fez referência direta a qualquer adversário, mas elencou o principal diferencial que considera ter em relação aos demais. “Não sou melhor que os outros candidatos, mas tem uma coisa que tenho muito mais que eles: mais experiência que todos juntos. Se onde buscar recursos, benefícios, negociar com o governo federal, me relacionar com o Supremo Tribunal Federal e todas as instituições, no Brasil e fora dele. Sei o caminho das pedras e não vou entregar barato. Não vou perder esta experiência, pois quero devolver ao Tocantins”, afirmou.

Suplente

Na ocasião, Kátia Abreu apresentou um dos suplentes de um possível terceiro mandato: o empresário Fernando Iberê, que ficará com a 1ª suplência.

Comentário de suplente alheio

Chamou a atenção também o comentário que Kátia Abreu fez ao fazer referência ao vereador Terciliano Gomes (PSD), de Araguaína, que é segundo suplente do filho dela, Irajá. “Futuro senador, que irá assumir, brevemente”, sugeriu. Entretanto, há de se lembrar que na 1ª suplência há o empresário Marcos Souza, que já disse ao Em Off, da Coluna do CT, que não acredita que lhe será proposto abrir mão da vaga. “Também contribui com meus votos na campanha de 2018, e tenho satisfação a dar a meus eleitores, amigos e familiares”, ponderou.

Cleber Toledo - Portal CT (Foto: Luís Gomes/Coluna do CT) - 06/08/2022

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.