O que me preocupa não é grito dos maus, mas o silêncio dos bons

Prof. Dr. Túlio Jorge R. de M. Chegury - Advogado (63) 8404 74 84 Operadora Vivo. - 18/11/2019

Quem deras fosse um grande jurista ou mesmo versado nos mais profundos conhecimentos do direito positivo. Apenas tento ser um advogado que possa atuar da melhor forma, com zelo, honra e senso de justiça em prol de meus clientes e daqueles que possa tentar aliviar suas dores nas barras dos tribunais.

Confesso que já li, estudei e analisei milhares de textos, sentenças e decisões, alémde buscar um pouco de luz sobre assuntos do dia a dia e da política, que quer queiram ou não afetam não apenas a sociedade, mas o direito como um todo, afinal, são os fatos sociais que modificam as leis, e os entendimentos dos tribunais. Justamente no laboratório da sociedade, no dia a dia dos acontecimentos que surgem as leis. São os conflitos, as agonias, a lacuna da lei que levam os casos aos tribunais, levando com que alguns homens e mulheres que estão investidos nas funções de Estado Juiz a darem a solução aos conflitos e as mazelas dos cidadãos.

Diversas foram obras literárias ao longo da academia, que nos fizeram refletir e moldar nossas convicções. Neste momento recordo-me de algumas como“ A Cidade Antiga” de Fustel de Coulanges; “Teoria Pura dos Direitos” de Hans Kelsen; “A Delimitação do Objeto de Direito” de John Austin; “Direito e Justiça” de Alf Ross; “O Dever do Advogado” e “Oração aos Moços” de Rui Barbosa, entre centenas de outras obras clássicas.

Quando adentramos á academia, somos sonhadores, lemos os clássicos (pelo menos deveríamos), travamos discussões com nossos professores, com nossos amigos e familiares, defendemos ideias e ideais, pregamos teorias e juramos defender a justiça e o direito.

Depois de mais de duas décadas, atuando como advogado e professor, detenho as mesmas aspirações, acreditando naquilo que sonhei e defendia, mas,infelizmente, vejo que aqueles que deveriam defender a justiça, e o direito, na verdade usam de engodos, de mecanismos jurídicos fraudulentos, de artimanhas contra tudo e contra todos.

Ao longo dos tempos deparei-me com gritantes injustiças praticadas principalmente por alguns homens e mulheres que deveriam honrar suas togas e seus juramentos, mas que por interesses pessoais, por interesses de poderosos, por interesses monetários, por laços familiares e de amizade se deixaram seduzir e passaram para o lado negro da força, usando uma comparação com o filme Guerra nas Estrelas.........O lado negro da força seduz, corrompe e aniquila a Justiça.

Lógico, não são a maioria aqueles que praticam tais situações, mas esta minoria suja o nome e a trajetória de toda uma classe.

Recentemente estava justamente comentando sobre a força e o poder que as minorias exercem sobre a sociedade..........Já algum tempo se levantam bandeiras de todas as matizes e sobre variados assuntos, bandeiras estas defendidas por uma pequena parte da sociedade, mas, esta minoria grita, faz manifestações, enchem as redes sociais, confrontam as pessoas, intimidam e fazendo de tudo em defesa de suas bandeiras.........e o que fazem a maioria? Se acovardam, pois têm receio de exporem suas opiniões, pois não querem ser alvo dos ataques daquelas minorias e não querem sair de suas zonas de conveniência.......assim estas vozes dissonantes crescem e ganham espaços, vozes que confrontam a tudo e a todos, confrontam a família, nossas religiões, nossas crenças e nossos modos de vida...... e o que fazemos ....calamos......e ai a minoria esmaga a maioria...

Defendo o direito de contestação, defendo os direitos sociais, defendo a democracia, mas não posso defender a balburdia, a inversão de valores, os ataques às famílias e as instituições sagradas de uma nação. Não posso defender que aquilo que sempre foi errado, desonesto e amoral venha a ser defendido principalmente por pessoas que deveriam respeitar os direitos e a Justiça. Defendido justamente por uma minoria contra toda uma Nação.

Onde estão os grandes homens desta Nação que se calaram para aqueles que se acham Deuses e que se acham acima de tudo e de todos, que acham que podem ditar a lei e a justiça?

Estamos a assistir membros da mais alta corte de Justiça tendo diversos pedidos de Impeachment junto ao Senado Federal, sendo um a um engavetados. As ruas estão clamando pelo Impeachment destes Deuses, e nada fazem...... Será que irão aguardar situações mais drásticas acontecerem em nosso País? Será que os últimos exemplos ocorridos em nossos vizinhos de América não são suficientes para que entendam os clamores da sociedade?

Estamos escrevendo uma nova história em um novo tempo. Sejamos todos escritores desta página da história Brasileira. Sejamos corajosos e nos manifestemos contra tudo o que ai esta. Manifestemos contra as injustiças da justiça, contra os mandos e desmandos daqueles que não querem reconhecer que vivenciamos novos ares, novos tempos........

Ouçam o clamor popular.......o verdadeiro clamor da maioria silente, e não o clamor falso e traiçoeiro de uma minoria que utiliza-se de gritaria, de balburdia e confusões.

 

 O QUE ME PREOCUPA NÃO É O GRITO DOS MAUS, MAS O SILENCIO DOS BONS.

 

                                                          

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.