Suspeito de estelionato e prejuízos de mais de R$ 100 mil em Colinas do Tocantins é preso pela Polícia Militar de Goiás em Goiânia

Um homem, suspeito de ter cometido crime de estelionato contra mais de 20 pessoas e ter causado prejuízos de mais de R$ 100 mil em Colinas do Tocantins, região centro norte do Estado, foi preso no último domingo, 4, durante uma abordagem aleatória que estava sendo efetuada pela Polícia Militar do estado de Goiás em Goiânia.

Conforme o delegado-chefe da 41ª Delegacia de Polícia de Colinas, Rodrigo Saud Anturiano, a prisão preventiva do suspeito já estava decretada pelo Poder Judiciário do Tocantins. Segundo o Delegado, os golpes aconteceram entre novembro e dezembro de 2019. As vítimas registraram Boletim de Ocorrência logo depois, quando não conseguiram mais reaver o dinheiro entregue ao investigado, que havia prometido a elas que o dinheiro entregue a ele seria investido e renderia de 3% a 4% ao dia.

Com o tempo, as vítimas começaram a cobrar o suspeito, que acabou evadindo-se de Colinas. “Desde, então, iniciamos o monitoramento dele e o havíamos localizado em Trindade, onde efetuaríamos sua prisão. Porém, de forma aleatória, ele acabou sendo preso pela Polícia Militar goiana e agora será recambiado ao Tocantins”, informou Rodrigo Saud.

Ainda conforme o Delegado, acredita-se que ele tenha feito muito mais vítimas. Daí porque a Polícia Civil solicita que essas pessoas compareçam na Delegacia e façam a denúncia. “Entendemos que muitas dessas pessoas ficam constrangidas por terem sido lesadas, mais é importante denunciar para que a Polícia Civil possa agir”, afirma o Rodrigo Saud ao alertar que o cidadão deve desconfiar das ofertas de lucros fáceis, fora da realidade de mercado. De acordo com ele, os estelionatários buscam iludir as vítimas com rápida multiplicação de patrimônio e promessas de altos rendimentos mensais.

Shirley Cruz – Governo do Tocantins - 08/10/2020

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.