Parabéns pelo seu vídeo. 1º texto da série “Há riqueza das Relações Humanas”

Dia desses, enviei um vídeo de 17 segundos de imagens captadas da natureza para um grupo de WhatsApp, e para minha surpresa um dos participantes do grupo retornou dizendo “Parabéns pelas Imagens”.

Verdade ou não, achei interessante a forma do retorno da msn o que motivou como um click a escrita deste texto.

Em especial, ter as relações humanas saudáveis é uma riqueza intangível.

As relações humanas extrapolam o contato formal entre os indivíduos, formalidades, normas organizacionais, institucionais e culturais de povos, algo intangível que não se pode mensurar, chamo de riqueza.

Os tipos convencionais de relações humanas são a comunicação interpessoal e intrapessoal, a primeira visa o relacionamento entre as pessoas e a segunda refere-se ao dialogo interior, que é exclusivo, pessoal e único.

Muitos de nós somos carentes de aprendizado, assimilação e pratica ativa nas relações humanas.

Comprometimento e desgaste são os desafios das relações humanas, evidente do meu ponto de vista.

Não tenho respostas, elas não são os objetivos do texto, mas infiro que podemos melhorar muitos neste tema.

Atualmente de forma intensiva e apropriada, o apoio dos meios de comunicações digitais tem facilitado de forma positiva e estratégica os relacionamentos em todos os níveis (horizontal e vertical), mas confraternizo o bate-papo presencial, bem como rotinas formais nas comunicações (escrita, formulários, etc), com vistas ao bem comum.

As relações humanas objetivam de maneira cristalina manter o clima organizacional produtivo e harmonioso, seja no âmbito familiar, empresarial ou social.

Considero o aplicativo multiplatoforma WhatsApp, uma inovação diária nas relações, um trunfo nas comunicações instantâneas, duma agilidade tremenda, contudo, seus diálogos devem ser processados de maneira reflexiva, evitando gargalos de comunicação ou entendimento dúbio, haja vista que as palavras por si não são verdades absolutas e sim uma expressão de linguagem.

Finalizo com um pensamento:

“Um homem ficou flutuando na superfície da água em mar aberto após um naufrágio, de tempos em tempos naquela angústia, ele ouvia uma voz que dizia: Continue nadando”.

            Relações humanas são riqueza, motivação e ação na lida com pessoas.

           Deus nos abençoe!

Rogério Lopes é crente em JESUS CRISTO, facilitador em Finanças da Família, Administrador de Empresas; Especialista no Agronegócios; Articulista em Negócios; Corretor de Imóveis; Perito Avaliador Imobiliário e Colunista do site Justocantins.  [email protected]

Rogério Lopes* - 14/10/2020

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.