Quais seus valores – Série trabalho e geração de renda. (2ª texto)

Rogério Lopes é crente em JESUS CRISTO, facilitador em Finanças da Família, Administrador de Empresas; Especialista no Agronegócios; Articulista em Negócios; corretor de imóveis; perito avaliador imobiliário e colunista do site JUSTOCANTINS.... - 11/03/2020

Reflexão sem fim.

Estávamos numa conferencia para estruturar um currículo de um rapaz para ser entregue numa potencial entrevista de emprego.

Perguntei de maneira natural para ele quais eram seus valores pessoais, percebi que houve dificuldades na interpretação do questionamento, pois o rapaz por sua trajetória de vida não sabia expor claramente a resposta a ser dada.

Não é fácil mesmo disse a ele.

Muito me chamou atenção a situação ocorrida, bem como a repercussão posterior daquele caso, haja vista que estamos numa serie de artigos intitulados trabalho e geração de renda.

Fatores efetivos como honestidade, respeito, moral, crenças, cultura, inteligência conjuntural e emocional, empatia, socialização, autoconfiança dentre outros aspectos dos valores humanos, foram amplamente discutimos naquela sessão de formatação de currículo e preparação para entrevistas de emprego.

Importante ou não aquele rapaz agora estava empoderado de seus valores morais e  pessoais para uma vida laboral repleta de desafios, sucesso e recomeço.

Desafio, sucesso e recomeço, palavras que recordam acontecimentos de nossas vidas em momentos pretéritos, que nos deram experiências que podemos utilizar em dias atuais a bem de nossa empregabilidade, emprego e renda.

Superação de alguma situação financeira é um bom exemplo.

Pense, são esses acontecimentos que colocam nossos valores a toda prova na rotina diária em ambientes laborais e sociais da vida.

Proteger nossos valores conscientemente poderá ser tema prioritário no momento de planejar ações em prol à inserção no mercado de trabalho e sua ascensão profissional.

Qualquer que seja o empregador ou cliente vai querer nossas referencias pessoais e profissionais, nossos valores estarão embutidos nas informações que serão dadas.

Lembrando, começo, meio e fim, revelo que você já sabe do seu começo em se tratando da matéria valores pessoais. O meio são pontos que podemos avançar, parar ou melhorar. E o fim, paciência, ainda não conhecemos, mas podemos começar plantar um bom fim.

Para finalizar, exponho um caso (ficção):

Num tempo remoto é distante do nosso, numa das datas natalícias daquela família, um dos membros em plena alegria da comemoração do aniversario do principal dos anciões, perguntou: Vocês sabem os valores desse homem? Muitos responderam: não, não...aí o membro que fez a pergunta disse: eu também não. Os valores são sentimentos e esforços pessoais.

Quais são seus valores?

Explore sua resposta e faça direcionamentos visando possibilidades de incremento na busca do emprego, renda e fomento profissional.

Deus os abençoe!

Rogério Lopes é crente em JESUS CRISTO, facilitador em Finanças da Família, Administrador de Empresas; Especialista no Agronegócios; Articulista em Negócios; corretor de imóveis; perito avaliador imobiliário e colunista do site JUSTOCANTINS.  [email protected]

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.