Policial militar apresenta relatório sobre riscos à saúde em Brasília

Polícia Militar do Estado do Tocantins - 03/12/2019

O cuidado com a saúde do policial militar é prioridade do Comando da Polícia Militar do Tocantins. Na última sexta-feira, 29, a tenente-coronel Welere Gomes Barbosa fez a apresentação do relatório das análises de risco cardiometabólico dos policiais militares do Tocantins, dados decorrentes de pesquisas,  em Brasília, Distrito Federal.

Pesquisas no Brasil e no mundo apontam que policiais apresentam mais desfechos negativos à saúde do que a população em geral, bem como uma taxa de mortalidade elevada por doenças crônicas não transmissíveis. Neste contexto, nos últimos anos a PMTO vem avançando em estudos científicos no intuito de conhecer e intervir nesta realidade deletéria. Desde 2012 que a policial miltiar e também pesquisadora realiza estudos sobre a saúde do policial militar.

Em parceira com a comunidade científica e de especialistas na área de fisiologia e epidemiologia foi possível analisar os dados da PMTO, ficando evidenciado a prevalência de anormalidades metabólicas e de doenças crônicas não transmissíveis de 30%, maior quando comparado a população em geral, dentre outros dados relevantes como os indicadores de Síndrome Metabólica.

A atividade policial é uma ocupação perigosa com exigentes demandas físicas e psicológicas, entender a magnitude dos riscos da profissão para intervir preventivamente é o melhor caminho para a manutenção e melhoria da qualidade de vida do nosso policial.

É imprescindível cuidar dos que servem e protegem a sociedade “mesmo com o risco da própria vida”, assim a Diretoria de Saúde e Promoção Social receberá o relatório detalhado das condições de saúde dos policiais militares e com isso terá condições de implementar mais ações preventivas e também adotar intervenções  de saúde baseadas em dados científicos.

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.