OAB/TO discute implantação da Delegacia da mulher 24 horas com secretário de segurança pública

ASCOM OAB/TO (Por Dani Braga) - 23/08/2019

Uma comitiva da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins esteve reunida nesta quarta-feira, 21, com o secretário de segurança pública, Cristiano Barbosa Sampaio, para discutir a implantação da delegacia da mulher 24 horas em Palmas. A reunião foi liderada pelo presidente da OAB/TO, Gedeon Pitaluga, e pela presidente da comissão da mulher advogada, Jandra de Paula.
O Tocantins está entre os Estados com maior incidência de casos de violência contra a mulher. Palmas também figura entre as Capitais que registram os maiores índices de violência doméstica no Brasil.
“A OAB historicamente abraça o movimento pelos direitos das mulheres. Entendemos que a implantação de uma Deam 24 horas será um grande avanço nesta luta que deve ser discutida também pelo conselho seccional da Ordem na próxima reunião”, pontuou Pitaluga.
A construção de uma rede qualificada de atendimento às mulheres vítimas de violência é essencial para que elas possam romper com esse ciclo de agressões. “Uma delegacia 24 horas com efetivo próprio e especializado para realizar esse tipo de atendimento é fundamental no processo de acolhimento adequado da vítima e necessário para assegurar sua dignidade”, ressaltou De Paula.
A audiência na secretaria de segurança pública foi marcada pela deputada e vice-presidente da comissão da Mulher da Assembleia Legislativa do Tocantins, Vanda Monteiro.
Também estiveram presentes na audiência, as advogadas e membros da CMA Isabel Cristina e Lígia Porto, o Delegado Geral da Polícia Civil Rossilio de Souza Correa, a Diretora de Polícia da capital Lucélia Maria Marques Bento, a Delegada Titular da Deam Centro Norte Suzana Fleury Orcini, a Delegada Adjunta da Deam Centro Norte Lorena Oyama, e o Delegado de polícia Hudson Guimarães. 

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.