Público recorde lota Praia da Graciosa na Festa de Aniversário de 30 Anos de Palmas

Samara Martins, Prefeitura de Palmas (Foto: Edu Fortes) - 21/05/2019

Henrique e Juliano fizeram um show cheio de emoção

Palmas “trintou” e comemorou com uma grande festa da música aquela que é feita aqui e percorre o mundo. De Genésio Tocantins a Henrique e Juliano, o aniversário de 30 anos da Capital  reuniu seus grandes artistas para homenageá-la em uma noite memorável, iniciada no domingo, 19,  na Praia da Graciosa. Conforme estimativa da Guarda Metropolitana de Palmas (GMP), um público aproximado de cem mil pessoas passou pelo evento.

A  noite pode ser definida essencialmente  como uma festa  de “emoções”. A emoção e alegria do autor do Hino Popular de Palmas, Canção de Amor a Palmas, Braguinha Barroso,  que ao encerrar sua apresentação declarou-se “muito feliz em representar Palmas através de uma música que todo mundo conhece e que é o hino da cidade”. A emoção dos cantores Henrique e Juliano, que afirmaram “estarem nervosos como se fosse o seu primeiro show”, e que, como se estivessem em casa, cantaram por aproximadamente três horas, com direito a amigos como convidados no palco. Mas, principalmente a emoção da população de Palmas, que reuniu amigos e familiares para festejar sua cidade, lotando a Praia da Graciosa, como nunca havia sido registrado em outros momentos como este.

“Viemos em cinco, chegamos cedo para pegar um bom lugar, e todos os shows foram maravilhosos, e agora termina com o Henrique e Juliano, que eu sou fã desde que começaram em barzinhos aqui em Palmas. Eu tinha muita vontade assistir um showdeles agora, realizei esse sonho”, contou, aos prantos, a estudante universitária, Maria Clara Souza.

Depois de uma série de atividades de lazer e esportiva na praia, que terminaram com a saudação ao nosso astro rei, o Sol, pela orquestra Jovem da Guarda, e apresentações do Coral Municipal de Palmas e do Corpo de Baile Municipal de Palmas,  que fizeram uma homenagem a 1ª Bailarina da Cidade, Meire Maria, o duo de Djs Felguk agitou a galera, que às 19h já lotava a Praia da Graciosa, com o melhor da música eletrônica em suas mixagens de músicas nacionais e internacionais.

 

Palmas a Capital do Calor Humano

A apresentação de Felguk foi seguida pelo espetáculo, Palmas a Capital do Calor Humano, após começam as apresentações de artistas de Palmas que fazem parte das três décadas de história da Capital, dos mais antigos até os mais jovens.  No show, Genésio Tocantins, Dorivã, Braguinha Barroso, Keila Lipe, Melo Júnior, Nacha Moreto e Jorge Menares e Remilvan,   se revezaram no palco mostrando um pouco do melhor da música tocantinense,  e representando todos os cantores da cidade. O show terminou com todos entoando o Hino Popular de Palmas, Canção de Amor a Palmas, acompanhados pela prefeita, Cinthia Ribeiro e pelo público.

“Eu me sinto parte da história de Palmas, e está aqui, junto com essa turma toda,  representando os artistas da cidade é um momento muito feliz”, disse Genésio Tocantins.

Já a prefeita Cinthia Ribeiro falou da alegria em receber os artistas para o aniversário da cidade. “É uma grande honra ter nesse palco artistas pioneiros, como o Genésio e Braguinha Barroso, e nossa grande dupla, Henrique e Juliano, comemorando o aniversário de Palmas”, disse.

Após os cantores regionais, a dupla Vitor e Luan se apresentou cantando hits do universo sertanejo.

 

Henrique e Juliano

A meia noite, já no 20 de Maio, os 30  anos de Palmas foram saudados por fogos de artifício, o tradicional parabéns e o sertanejo de Henrique e Juliano, a dupla  que iniciou sua carreira em Palmas e que agora brilha em todos os grandes palcos nacionais.

Visivelmente emocionados os cantores cumpriram a promessa de um show memorável, com mais de três horas de duração em que revezaram entre músicas  novas e antigas de seu repertório e de grandes músicos do universo sertanejo nacional. A dupla também convidou diversos artistas locais para dividirem o palco. Na plateia aproximadamente cem mil pessoas entoavam os hits do ritmo mais popular em Palmas, o sertanejo.

“Passa um filme na nossa cabeça, a gente vê quando chegou aqui, em 1997,  as ruas que andamos, foi aqui que crescemos e iniciamos nossa carreira, então esse não é umshow como os outros, estamos nervosos como se fosse o primeiro e muito felizes de estarmos aqui”, disse Henrique. O show, iniciado a meia-noite, terminou mais de três horas da manhã.

Foi um show maravilhoso, “não tinha melhor banda para os 30 anos de Palmas. Henrique e Juliano que são daqui, para a gente é um privilégio ter eles aqui nesse momento, igual esse só outro no ano que vem”, afirmou a auxiliar administrativo, Diana dos Santos Souza, moradora de Palmas há 26 anos.

 

 

Edição e postagem: Lorena Karlla 

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.