Precisamos aprender a desler!

O mais difícil mesmo é a arte de desler.

MÁRIO QUINTANA

 

Estamos num universo que clama por mudanças de todos os gêneros, onde precisamos compreender principalmente que não existem mais certezas ou garantias, existe sim um aprendizado diário de mudanças que nos levam a caminhos incertos e novos.

Nesta realidade, sem perceber e querer, MATAMOS literalmente a nossa criatividade nos submetendo sem pensar ao dia a dia da rotina, sem compreender que ao nosso redor o mundo vive, pulsa, brada por continuar conectado conosco.

E não apenas o mundo em si como ente, mas as pessoas, principalmente.

Vivemos uma era de solidão coletiva através de redes sociais ativas! #PenseNisto

E neste paradoxo de contatos, networking e solidão, temos o mercado de trabalho como incentivador da mudança – ou não – contudo, com certeza temos o mercado em si como protagonista da ideia de inovar é bom, necessário e essencial para se manter no mercado.

Porém, qual mercado? Se o mercado é mutante, como saber para onde ir e o que esperar da minha realidade?

Da mesma forma que apenas conhecer leis não basta aos advogados, precisam cada vez mais conhecer os princípios da lei, os porquês da lei, os meandros da lei, temos que na vida do dia a dia, precisamos conhecer o básico como regra… Assista o vídeo abaixo para tirar suas próprias conclusões…

 

Se não abrir, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=PDHIyrfMl_U

Uma das minhas conclusões sobre o vídeo é justamente que neste ambiente de tecnologia avançada, robôs, inteligência artificial e muito mais, precisamos nos conectar ao humano de novo.

Precisamos reviver a nossa conexão ao básico, ao abraço, ao carinho, estabelecendo relações verdadeiras e não apenas de networking.

Precisamos exaltar o nosso EU para um coletivo de NÓS de forma PLURAL.

Precisamos aprender a desler, como disse Mario Quintana.

Somente assim, com novos paradigmas e bases sólidas pessoais – sem confundir com conceitos arraigados e solidificados e nunca pensados – combinado com bases profissionais abertas ao diálogo, sem medo de novas ideias e sem a necessidade de ser o dono da ideia, construiremos um ambiente de inovação fértil e frutífero.

E você? O que tem construído na sua vida pessoal e profissional para inovar?


 

#FraternoAbraço #GustavoRocha

Consultoria GustavoRocha.com  |  Gestão, Tecnologia e Marketing Estratégicos

Robôs  |  Inteligência Artificial  |  Jurimetria  | Marketing Jurídico  |  Fluxos Internos  | Plano de Carreira  | Financeiro

(51) 98163.3333  |  [email protected]  | www.gustavorocha.com

Gustavo Rocha* - 25/09/2020

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.