Douglas Alencar revela expectativas quanto à atuação no TST

Bianca Nascimento e Mauro Burlamaqui (RA) - 23/04/2014

Em entrevista concedida à equipe do Núcleo de Comunicação do TRT 10ª Região, o recém-empossado ministro Douglas Alencar Rodrigues antecipa as suas principais expectativas com relação à atuação no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Depois de 23 anos de atuação no TRT 10ª Região, o magistrado tomou posse, na tarde desta terça-feira (22), como ministro da mais alta corte da Justiça do Trabalho brasileira, após ser indicado pela presidenta Dilma Rousseff e aprovado por unanimidade pelo Senado Federal. O ministro presidente do TST, Barros Levenhagen, deu posse ao ministro Douglas Alencar Rodrigues em cerimônia que reuniu mais de 400 pessoas em Brasília.

Confira a entrevista:

TRT 10ª Região: O que o senhor espera desse novo desafio profissional que é se tornar ministro do TST?

Desembargador Douglas Rodrigues: Minhas expectativas são as melhores possíveis. O TST discute teses jurídicas e tem uma função muito importante que é pacificar a legislação trabalhista. Espero contribuir, junto com toda a minha equipe que já me acompanha há bastante tempo, para o exercício dessa função central do TST. Vou receber mais de 16 mil processos e faço isso com muita alegria!

TRT 10ª Região: O que o senhor leva da experiência obtida na Décima Região?

Desembargador Douglas Rodrigues: A atuação na instância originária é sempre muito rica e nos possibilita o desenvolvimento da nossa sensibilidade diante da análise de casos concretos. Sou muito feliz aqui. Sentirei saudades dos colegas do TRT, que são muito dedicados e comprometidos.

TRT 10ª Região: Como o senhor vê a atuação do TST hoje?

Desembargador Douglas Rodrigues: O TST vem desenvolvendo um trabalho fantástico! É um Tribunal que experimentou uma renovação muito grande nos últimos anos e isso contribuiu para a produção de uma jurisprudência moderna e atenta às rápidas mudanças ocorridas nas relações de trabalho da atualidade.

Texto: Bianca Nascimento e Mauro Burlamaqui (RA)

 

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.