Juiz Federal Waldemar Cláudio de Carvalho encerra biênio no TRE-TO

TRE/TO - 18/10/2014

O Juiz Federal Waldemar Cláudio de Carvalho encerrou sua atuação na Corte Eleitoral dia 8 de outubro, após dois anos – biênio (2012/2014). O magistrado, além de exercer a função de juiz-membro do TRE-TO de indicação da Justiça Federal, atuou como diretor-executivo da Escola Judiciária Eleitoral (EJE).

A Juíza Federal Denise Drumond, substituta automática, assume a vaga de Waldemar Carvalho até a escolha e indicação do próximo juiz, por meio de sessão administrativa realizada no Tribunal Regional Federal – 1ª Região, em Brasília. Após a escolha, o nome é publicado no Diário da Justiça da União e o TRF encaminha ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO) comunicação via ofício com o nome do novo integrante da Justiça Federal na Corte Eleitoral tocantinense.

O magistrado ocupou a cadeira da classe de Juiz Membro da Justiça Federal, vaga anteriormente ocupada pelo juiz federal Marcelo Albernaz, de quem já era suplente.

 

Currículo

Waldemar Claudio de Carvalho, filho de servidores públicos e penúltimo de oito irmãos, nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 1965. Estudou no Seminário Arquidiocesano de Diamantina (MG), tendo sido graduando em Direito, pelo CEUB, em Brasília. Concluiu seu Mestrado em Direito Público pela UnB, no ano de 1996. Foi analista judiciário do Superior Tribunal de Justiça, onde conheceu sua esposa e mãe de seus dois filhos. Ex-procurador do Banco Central do Brasil e também da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, cargo exercido por mais de 13 anos, tendo sido Diretor de Pesquisas da Escola Superior da PGFN. Lecionou Direito Tributário na UnB e na Universidade Católica de Brasília. Como Magistrado federal atuou nas Seções Judiciárias de Goiás, Distrito Federal, Acre e na Subseção de Tabatinga/AM.

Lília Mara – ASCOM

Leia mais: EleitoralTRE

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.